Formas de Ganhar Dinheiro Rápido pela Internet

Conheça Formas de Ganhar Dinheiro Rápido Online

Você sabia que há diversas formas de ganhar dinheiro rápido pela internet? 

Isso mesmo! 

Ter um negócio online é mais simples do que parece. 

O trabalho no mundo digital traz vários benefícios para o empreendedor. Ele conquista mais qualidade de vida, tem mais tempo, rapidez e eficiência. 

Neste artigo, vamos listar quais são as melhores formas de ganhar dinheiro pela internet. 

Você conhecerá as características de cada área, seus benefícios e de que forma elas podem ajudá-lo a aumentar a sua renda. 

Após a leitura deste artigo, você terá mais confiança para iniciar um negócio do zero. 

Vamos lá? 

Quais são as melhores formas de ganhar dinheiro rápido na internet? 

A partir de agora, você vai conhecer diversas formas de ganhar dinheiro rápido pela internet.

Há opções para diversos tipos de público. 

Descubra abaixo as alternativas que separamos neste artigo. 

Consultor 

Todo mundo pode virar um empreendedor digital. 

Para isso, basta usar o seu conhecimento para ajudar outras pessoas a resolverem os problemas da sua rotina. 

Um profissional que entende sobre determinada área pode oferecer consultorias online para outras pessoas. 

Basta ter um computador com acesso a internet para iniciar os trabalhos. 

Você pode ser consultor de gestão empresarial, marketing, recursos humanos, finanças, venda, logística, entre outros. 

O consultor não pode exercer seu trabalho somente com os conhecimentos que foram adquiridos ao longo da carreira. 

É necessário manter-se atualizado para trazer inovação nas consultorias. . 

O lado positivo é que você pode usar diversos recursos para conseguir mais clientes. Dentre os mais comuns, encontra-se o velho e bom marketing boca a boca, redes sociais, mídia paga, e-mail marketing e blogs. 

Gestor de mídias sociais 

Outra forma interessante de ganhar dinheiro na internet é fazendo a gestão de mídias sociais. 

É impressionante o número de pessoas que ainda não sabe usar essas ferramentas direcionadas para negócios. 

Então, você pode usar o seu conhecimento para gerar novas oportunidades aos empreendedores. 

O profissional de mídias sociais deve conhecer não só o Instagram mas também outras redes como facebook, linkedIn e snapchat. 

Na internet, você encontra diversos cursos gratuitos para expandir o seu conhecimento. 

Produtor e afiliado 

Os infoprodutos têm ganhado bastante destaque no mundo digital. 

O sucesso dessa ferramenta pode ser explicado porque ele oferece ao usuário e-books, cursos ou treinamentos online. 

Grande parte desses produtos são tutoriais. 

Eles ensinam os usuários a adquirir um conhecimento ou conhecer outras táticas referentes a sua área de atuação.  

Existem cursos disponíveis na internet em vários segmentos: marketing digital, administração, contabilidade, finanças, vendas e artesanato. 

Você pode entrar neste mercado de duas formas: produtor ou afiliado. 

O produtor é o responsável por desenvolver os cursos e publicá-los na internet. 

Ele não precisa ter conhecimento em ferramentas para construir um site ou uma plataforma, pois temos diversas alternativas na internet para implementar um conteúdo online com praticidade. 

O produtor publica o conteúdo na plataforma e recebe uma porcentagem por cada curso vendido. 

Já o afiliado não precisa criar um curso. Ele pode usar dos seus conhecimentos de vendas e marketing digital para comercializar o conteúdo de um produtor. A cada venda, ele ganha um bônus. 

O faturamento do afiliado pode ser alto em todos os meses do ano. Ele não tem contrato fixo com um determinado produtor. 

Sendo assim, ele pode vender os conteúdos de acordo com as tendências do mercado ou uma época do ano. 

Freelancer 

O freelancer também é uma ótima oportunidade para ganhar dinheiro na internet. Esse tipo de trabalho traz vários benefícios para o profissional. 

  • Flexibilidade de horários; 
  • Qualidade de vida; 
  • Redução de custos com transporte e alimentação;
  • Conforto por trabalhar em casa com os equipamentos e materiais comprados de acordo com o seu estilo. 

A internet está com muitas oportunidades para quem deseja trabalhar como freelancer. 

Você pode comercializar lindas fotos, escrever artigos, diagramação de e-books, fazer edição de vídeos e áudios, entre outras funções. 

Os freelancers podem conseguir oportunidades de trabalho com indicações de colegas de trabalho, recomendações de clientes, divulgação na internet e presença em eventos corporativos. 

Existem também alguns sites que facilitam na busca por demandas. 

Os sites mais conhecidos são: Upwork; Toptal; Simply Hired; The Creative Group; 99Designs; Writer Access; Freelancer; Rock Content; Flexjobs e Workana. 

O freelancer deve investir na produção de portfólios para que outras pessoas conheçam o seu trabalho. Isso é muito importante, pois transmite credibilidade para os futuros clientes. 

O lado negativo do trabalho como freelancer é que você não tem férias como ocorre em empresas tradicionais. 

No entanto, com um pouco de organização é possível ter dias de folga para repor as energias. 

Assistente virtual 

O assistente virtual tem se destacado no mercado de trabalho. 

Esse tipo de profissional tem como missão desenvolver pequenas atividades para otimizar o tempo dos times em uma empresa. 

A sua rotina é bastante semelhante a um auxiliar administrativo. A diferença é que as atividades são desenvolvidas por meio da internet. 

Geralmente, o assistente virtual executa as seguintes funções: agendamento de reuniões; gerenciamento de e-mails e redes sociais; pagamento de contas; organização de eventos; reserva de hotéis e passagens. 

A lista pode ter ainda o atendimento ao cliente por telefone e e-mail; controle do fluxo de caixa; organização de planilhas; contratação de fornecedores; recebimento de correspondências e assistente financeiro. 

A lista de tarefas dependerá da rotina do escritório e do número de clientes. 

O contato com os donos da empresa é feito por telefone, e-mail ou reuniões online via skype. 

O trabalho de assistente virtual pode ser executado por homens, mulheres, jovens, adultos e idosos. 

Dono de loja virtual 

As vendas online aumentaram em nosso país no último ano. Por isso, as lojas virtuais ainda são uma ótima opção de negócios no Brasil. 

Você pode iniciar o trabalho em uma loja virtual de duas maneiras. 

  • Tradicional: constrói a loja do zero. É responsável por todos os setores, desde o planejamento, passando por marketing, vendas e logística; 
  • Dropshipping: é responsável somente pela experiência do cliente. A logística é feita pelo fornecedor que comercializa o produto. 

Vale pesquisar sobre as vantagens e desvantagens de cada opção para escolher aquela que mais combina com o seu perfil. 

Empreendedor digital 

A internet pode ajudá-lo a alugar produtos ou até um quarto da sua casa. 

O Airbnb é um serviço online que facilita o relacionamento entre proprietário do imóvel e o cliente para que eles façam a negociação do aluguel de forma simples e eficiente. 

O cadastro no site é bem simples e o consumidor tem acesso a todos os detalhes da sua residência. 

O Airbnb é o responsável pela forma de pagamento. 

Você também pode comprar produtos e alugá-los para gerar renda. 

Um videoquê, um drone, malas e outros itens podem ser usados para aluguel. 

Use as redes sociais e outras ferramentas para divulgar o seu trabalho. 

O trabalho online traz vários benefícios para um empreendedor. 

Você pode, por exemplo, testar aquela área que mais combina com o seu perfil. Se não gostar da rotina, tem a flexibilidade para mudar de profissão. 

Agora que você já conhece quais são as melhores formas de ganhar dinheiro na internet, deixe a preguiça de lado e comece um negócio online agora mesmo. 

Veja também: Como ganhar dinheiro no Youtube

O que é TCC: verdades e mitos

Um dos grandes desafios para quem está almejando o tão esperado diploma, é a elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso, vulgo TCC. Mas convenhamos, o que realmente é TCC?

No decorrer do nosso curso de graduação a gente escuta com frequência diferentes versões do que foi a experiência das pessoas durante o desenvolvimento do TCC.

Da escolha do tema a apresentação, ficamos apreensivos e inseguros, principalmente por que essa é uma etapa tão considerável e determinante de nossas carreiras.

Por esse motivo, aqui irei esclarecer algumas verdades e mitos que irão te ajudar nessa fase de desenvolvimento do TCC. Vamos lá?

Dificuldade de selecionar o tema do TCC

Um ponto chave, que nos deixa de cabelo em pé, é a escolha do tema e área de pesquisa que iremos selecionar para o TCC. É muito comum sentirmos uma tensão nesse momento, pois parece que vamos decidir algo determinístico de nossas vidas, mas não é bem assim.

Para falar a verdade, a escolha do tema está mais relacionada com sua afinidade para com algumas áreas de pesquisa. Não se apavore, abaixo você pode conferir as dicas para descobrir qual é a sua “praia”:

  • Simpatia por um tema

É inevitável, sempre sentimos alguma tendência a gostar mais de uns temas do que de outros. Muito disso vem da facilidade em entender ou do fascínio pelos conceitos e metodologias. Então pratique a autorreflexão e se pergunte “qual área de pesquisa me desperta mais interesse? ”

  • Cronograma

É importante você levar em consideração quanto tempo vai levar para concluir o TCC. Esse é um fator determinante para o ajuste do seu tempo de dedicação.

  • Levantamento bibliográfico

Essa é uma dica de ouro para você. Faça uma lista de assuntos e tópicos que tenham relação com seu curso e pesquise sobre cada um deles. Você vai ver que no decorrer da elaboração do levantamento, um tema chamará mais sua atenção.

Não pode mudar de tema do TCC

Existe uma tendência de acharmos que ao selecionar um tema nada mais pode ser mudado. Garanto que isso é engano seu.

Caso você sinta que aquele não é seu caminho e que existem outras possibilidades em outras áreas de pesquisa, vá em frente, mude. Claro que na fase inicial é mais “fácil” do que quando você está a uma semana da entrega de seu TCC.

Precisa saber inglês para fazer o TCC

Não necessariamente. Entender um pouco do inglês pode ser um diferencial na hora de realizar as pesquisas sobre o tema, pois uma parte considerável da literatura está em inglês.

No entanto, você não precisa ser um fluente em inglês para realizar suas buscas. Temos diferentes plataformas e ferramentas que podem nos auxiliar nessa fase. E sempre podemos contratar serviços de terceiros nesse processo.

Uma outra dica é: na fase de seleção do tema, faça uma busca por publicações e revistas brasileiras. É uma boa maneira de saber também como anda seu tema a nível nacional.

Aumento do estresse e ansiedade

Ansiedade é um termo mais geral para uma série de transtornos que causam nervosismo, irritabilidade, dificuldade de fazer tarefas diárias e uma sequência de outros problemas.

Agora, imagine você desenvolvendo seu TCC sentindo tudo isso?

É, já deu para imaginar a dificuldade. Infelizmente, a ansiedade e o estresse são estados frequentemente observados durante essa fase de conclusão do curso. Se agrava com a preocupação em entregar o TCC, por isso eu listo abaixo algumas dicas que podem te ajudar:

  • Faça um cronograma pessoal

Isso mesmo, elaborar uma lista de tarefas com prazos bem estabelecidos nos ajuda (e MUITO!) a manter a calma. Mas não vale ser inflexível. Se tiver que mudar algo ou ajustar datas, não se culpe, o cronograma serve exatamente para isso.

  • Se alimente bem e descanse

Fazer o TCC requer muita dedicação e concentração. Por mais que pareça “bobo”, manter uma alimentação equilibrada e boas noites de sono, são indispensáveis para você manter sua produtividade.

  • Tenha válvulas de escape

Procure diferentes formas de ocupar sua mente para não ficar pilhado apenas no TCC. Algumas atividades como ir ao cinema, conversar com os amigos, ou mesmo assistir alguns episódios daquela série preferida, vão te ajudar a se manter motivado.

Maior dedicação e tempo no TCC

Já cansei de ouvir diversos colegas comentando que é possível fazer um TCC em uma semana. Será mesmo?

Antes de mais nada te pergunto: que tipo de trabalho você quer apresentar?

Um dos pontos que contam na hora da avaliação do seu trabalho é a qualidade. A qualidade do TCC está muito atrelada a uma boa fundamentação teórica, objetivos claros e resultados e discussão condizentes com o tema.

Para fazer um trabalho com esse nível, você vai precisar de um tempo maior de dedicação. No entanto, não existe uma fórmula mágica de qual o momento ideal para iniciar seu TCC.

Observação: é importante levar em consideração seu tempo de dedicação para com as disciplinas e estágios. E claro, tirar aquele momento de descanso e lazer.

Reprovar no TCC afeta sua carreira

Embora o TCC seja considerado uma fase “final” do seu período acadêmico, é importante ressaltar que ele é apenas mais uma avaliação. Mas isso não quer dizer que você deve “relaxar” e não se dedicar.

Lembre-se: o TCC é a oportunidade de você mostrar o quanto aprendeu durante a graduação.

Mas se por algum motivo você ser reprovado, não se apavore, isso não é mortal para sua carreira. Na verdade, a solução é simples:

Tente outra vez!

Provavelmente a banca examinadora irá pontuar o motivo da reprovação assim como vai destacar os pontos que precisam ser melhorados. Aqui vai alguns dos principais motivos dados para uma reprovação:

  • Plágio
  • Não seguir as normas de formatação. Exemplo: ABNT, APA e etc.
  • Não comparecer no dia da apresentação
  • Não entregar o TCC no prazo

Vale também conferir as normas do seu curso e discutir possibilidades com seu orientador (a). E sempre tenha em mente que tudo se resolve conversando e perguntando.

Viu como o TCC não é um bicho de sete cabeças? Se você ter ainda mais facilidades, tendo o acompanhamento de uma ferramenta completa para geração de TCCs, clique aqui e confira uma super novidade que preparamos pra você.